Amor Tântrico: Perda da Ereção e Alimentos Afrodisíacos

sexo-tantrico

Sexo por várias horas

Possivelmente, as pessoas têm consciência de que, ao fazer amor de forma tântrica, a duração acaba se prolongando um pouco além do normal. Porém, essa noção do que é considerado “normal” varia, uma vez que para algumas pessoas o tempo corriqueiro já é bem extenso. Quando as pessoas fazem amor ao longo de três, quatro ou até oito horas (depende da vitalidade e energia de cada indivíduo), um fenômeno interessante pode ser observado. Além de orgasmos mais poderosos e intensos, é possível reparar como as coisas estão quantificadas no universo e que também existe um certo limite para o corpo físico.

Naturalidade da perda da ereção

Normalmente, o homem sentirá a necessidade de ter mais força, pois ele precisará manter a ereção. Nesse ponto, é muito importante que o homem consiga quebrar o tabu relacionado à queda da ereção peniana. Esse tema é tão delicado e drástico para o homem que afeta toda sua estrutura, ego e bem estar interior. É fundamental eliminar essa preocupação totalmente focada na ereção. O homem precisa notar que está fazendo amor ao longo de várias horas, explorando a sexualidade mutuamente com a parceira.

Não há problema algum se ele perder a ereção. Caso isso realmente aconteça, os parceiros podem fazer uma pausa e se distrair. Além disso, não costuma demorar muito para que o homem consiga recuperar a ereção novamente, desde que ele não esteja se sentindo pressionado mentalmente para atingir determinada performance. Se a ereção for encarada com toda a naturalidade inerente à situação, ela deverá retornar, caso contrário, muito dificilmente o homem conseguirá retomar a ereção dentro de um tempo aceitável. Afinal, o foco será transferido do órgão sexual para a mente. Quando a mente começa a trabalhar, o corpo não consegue reunir a energia necessária em outros aspectos.

Leia o seguinte artigo para saber mais sobre a impotência sexual masculina.

Alimentos afrodisíacos

Mesmo para quem não faz amor de forma tântrica, existem homens que podem sofrer de impotência sexual ou apresentarem ausência do estímulo que leva à ereção. O fato é que através da mudança de pequenos hábitos alimentares é possível aumentar sensivelmente a energia usada em todos os momentos cotidianos.

Existem alguns alimentos que, se as pessoas já não os têm em suas residências, elas podem adquirir facilmente em um supermercado. Consumidos regularmente, esses alimentos mudarão extraordinariamente a disponibilidade energética voltada à vida em si, seja ao reduzir as horas de sono, aumentar a capacidade de trabalhar e de se manter focado por muito mais tempo e, principalmente, elevar a resistência necessária para fazer amor durante um tempo bem mais prolongado. Além disso, é interessante manter esses alimentos altamente energéticos disponíveis para que, após uma pausa do ato sexual, seja possível retomá-lo na sequência.

Geralmente, os alimentos considerados afrodisíacos são aqueles que irão criar uma grande quantidade de energia no segundo chakra (responsável pela vitalidade e sexualidade). Uma vez que essa energia esteja disponível nesse chakra, por meio de algumas técnicas tântricas é possível usar e canalizar essa energia para qualquer outra área do ser de cada um. Por essas razões, os afrodisíacos são muito usados. Há muitas plantas em toda a tradição Hindu e da Ayurveda, que valorizam amplamente as qualidades que provém delas.

Assim, é recomendável experimentar o preparo de uma mistura um ou dois dias antes de fazer amor. Uma boa mistura pode conter banana, alfarroba, mel e canela. Essa mescla extremamente simples produz uma verdadeira “bomba” de energia que é canalizada no segundo chakra. De um modo geral, essa mistura resolve muitos problemas relacionados à disfunção erétil e falta de energia para o desempenho sexual.

Existem outros alimentos que podem ser acompanhamentos dos pratos, como o levedo de cerveja, sementes de sésamo, sementes de chia, pólen (extremamente yang, além de proporcionar imediatamente energia), mel, e frutas altamente energéticas, como a manga, por exemplo.

sementes-de-chia

A partir de uma alimentação diferenciada é possível perceber como toda a qualidade da vida também pode mudar.

Créditos: XtraSize