Produtos para Impotência Sexual

impotencia-sexual-masculina

Novidades para tratar a impotência sexual

Spray para impotência sexual

O Grupo de Andrologia é uma equipe de médicos e outros profissionais que trabalham com a inovação. Desse modo, o instituo lançou em 2009 um spray sublingual que trata a disfunção erétil e a ejaculação precoce.

Gel para impotência sexual

Em 2012, o grupo começou a trabalhar com um novo método. Trata-se de um gel transdérmico e que é absorvido pela pele. Esse produto possui absorção ao longo das 24 horas do dia. Com base em estudos comprovados, a média de absorção desse gel é de 3% a 5% por hora. Portanto, é como se o indivíduo estivesse sendo constantemente medicado no decorrer do dia, fazendo com que a função sexual retorne ao longo do tempo.

O grande problema dos comprimidos é que eles detêm uma grande concentração de drogas. Com isso, o remédio proporciona um pico de absorção muito rápido, o que pode causar um mal estar no indivíduo, marcado por dores no peito e olhos vermelhos, por exemplo. Como o gel transdérmico apresenta uma absorção lenta e gradual (de 3% a 5%/h), o produto não provoca o pico de absorção típico dos outros medicamentos. Logo, geralmente o paciente não sente nenhum mal estar. Assim, é comum pacientes que se acostumaram a usar essas drogas, como sildenafil e tadalafil, não apresentaram o mal estar provocado por elas ao usarem o gel.

Cabe frisar que o princípio ativo é o mesmo, mas o veículo é ligeiramente diferente e chamado de lipossômico, que é composto por vesículas que facilitam a entrada da droga na pele. Essas vesículas também são as responsáveis pela liberação gradual da medicação na corrente sanguínea ao longo de 24 horas.

Com relação à existência de outras doenças, caso se trate de uma obstrução arterial peniana, por exemplo, pode ser necessário o uso de uma quantidade maior do gel e do spray, além de potencializar os exercícios de fisioterapia. Em contrapartida, quando o paciente é mais jovem o tratamento é simplificado porque as artérias estão pérvias, ou seja, bem abertas. Portanto, quanto mais idoso for o paciente, mais problemas podem estar associados à disfunção erétil e, por conseguinte, mais remédios precisam ser utilizados.

Porém, o tratamento efetuados com spray, fisioterapia, e gel também é eficaz nesses casos. O fato da causa ser psicológica não significa que o paciente será direcionado ao psicólogo. Primeiramente, o paciente recebe tratamento medicamentoso. Posteriormente, o emocional do indivíduo tende a começar a exibir sinais de melhora. Caso o paciente queira complementar o tratamento com um psicólogo é feito um encaminhamento. No entanto, essa medida não tem sido necessária porque o tratamento proposto é bastante eficaz.

O medicamento contido no gel pode ser produzido em qualquer farmácia de manipulação que possua os recursos necessários para tal. Logo, não se trata de uma fórmula secreta e oculta. Alguns médicos que trabalham com essa inovação já estão sabendo utilizá-la devido ao apoio da literatura estrangeira. No momento, o gel pode ser composto pelo sildenafil, tadalafil, ou verdenafil. Somente o meio de uso do medicamento é que sofre alteração.

Leia o artigo a seguir para saber se impotência sexual tem cura.

Contraindicação

Não existe contraindicação quanto ao consumo de bebida alcoólica durante o tratamento, desde que ele seja moderado. Assim, se o paciente eventualmente for a uma festa ou vivenciar uma situação na qual ele acabe ingerindo álcool em excesso, o uso do remédio deve ser retardado. Porém, isso não significa que o álcool suspenda o efeito do medicamento, e como afirmado anteriormente, se não forem cometidos excessos, não haverão maiores problemas.

Mais informações

Quem estiver com dúvidas sobre o tema pode acessar o site grupodeandrologia.com.br. Nesse endereço, os profissionais conversam com os pacientes e esclarecem alguns pontos. O ideal é que o indivíduo consulte um especialista. Porém, se preferir, antes disso ele pode conversar com a equipe do Grupo de Andrologia através do site. Para isso, basta fazer um cadastro.

O site é bem esclarecedor, exibindo os efeitos provocados pelo gel acompanhados de estudos que comprovam sua eficácia. Não se trata de um feito extraordinário, mas apenas de um estudo novo que demonstra o que já tem sido observado nos consultórios.

Créditos: http://disfuncaoeretil.net.br/

Hipertensão: Consequências e Tratamento

tratamento-hipertensao

Hipertensão: estatísticas

Segundo a Organização Mundial da Saúde, 9 milhões e 400 mil pessoas (entre homens e mulheres nas mais diversas faixas etárias e) morrem por ano devido a problemas provocados pela hipertensão arterial. Esses números extremamente absurdos são percebidos apenas em guerras. Pior do que isso, essas mortes estão associadas a uma doença que pode ser prevenida. A hipertensão arterial não possui cura, mas existem meios de se prevenir seu surgimento.

Devido ao elevado número de pessoas hipertensas, as quais respondem por 45% do total de ataques cardíacos e 51% dos acidentes vasculares cerebrais, eis a importância que o cuidado com a hipertensão deve ter para a população mundial.

Doença silenciosa

A hipertensão arterial é conhecida como uma doença silenciosa. Logo, muitas pessoas nem ao menos sabem que são hipertensas. Para diagnosticar o problema é necessário medir a pressão a partir de uma certa idade. Até mesmo jovens com 35 anos de idade devem confirmar os dados da pressão arterial, pois ocasionalmente ela pode estar elevada.

Doença hereditária

A hipertensão arterial é uma doença transmitida de pais para filhos. Portanto, aquelas pessoas que contenham histórico familiar favorável à doença têm uma grande probabilidade de também se tornarem hipertensas.

Como medir a pressão arterial corretamente

A pressão arterial deve ser medida em momentos específicos. Ela não deve ser mensurada se o indivíduo estiver cansado, nervoso, correndo ou em depressão, pois são situações que podem influenciar no resultado. Isso é algo fisiológico. O simples hábito de tomar café, fumar cigarro ou beber bebida alcoólica pode elevar a pressão. Além disso, via de regra, pessoas que estejam com vontade de urinar estarão com a pressão elevada.

Outro fator que pode elevar a pressão corresponde à postura sisuda adotada pelo médico. Inicialmente, esse contato tende a elevar a pressão arterial do paciente. Portanto, é altamente recomendado que o tempo de consulta seja prolongado para que o médico consiga conversar com o paciente e descontraí-lo. Depois, ele deve confirmar qual é a real pressão típica daquele indivíduo. A pressão arterial é alterada com extrema facilidade.

Assim, para medir a pressão corretamente é necessário estar descansado por 15 minutos, além de estar com a bexiga vazia, não ter fumado, tomado café, ou realizado uma longa caminhada. Além disso, o braço (esquerdo ou direito) deve ficar na altura do tórax e do coração.

O procedimento de medição correto seria manter o paciente deitado e medir a pressão arterial do paciente nos dois braços e pernas. No entanto, praticamente nenhum médico segue essa regra. Somente através desse procedimento será possível afirmar se o indivíduo é hipertenso, normotenso, ou hipotenso.

Vale também lembrar que as pessoas costumam comprar aparelhos digitais para medir a pressão. Porém, esses dispositivos são muito sensíveis. O ideal seria verificar a pressão apontada pelos dois braços e tirar uma média.

Consequências da hipertensão arterial

Os vasos arteriais se assemelham a uma árvore. Assim, eles devem possuir pequenas ramificações, chamadas arteríolas. Devido a um determinado processo, essas arteríolas sofrem uma contração, fazendo com que o coração tenha de fazer uma força extra para conseguir bater. Consequentemente, a pressão arterial se eleva. Esse esforço desproporcional do coração na tentativa de impulsionar o sangue pode ser mal sucedido, culminando no rompimento de um vaso situado na cabeça (acidente vascular cerebral hemorrágico). Nos rins, essa força desmedida pode deteriorar os vasos renais, o que leva à realização de diálise. No coração, a principal consequência provocada pela hipertensão é o infarto do miocárdio.

Tratamento

Vale destacar que o indivíduo não precisa ser necessariamente obeso para ter hipertensão, pois esse se trata de um problema hereditário. Por fim, essas pessoas precisam ser tratadas com o medicamento adequado, uma medida preferível à necessidade de se fazer uma diálise, à ocorrência de um infarto, ou ao acometimento de um AVC.

Para mais informações, visite o site da Sociedade Brasileira de Hipertensão.

Amor Tântrico: Perda da Ereção e Alimentos Afrodisíacos

sexo-tantrico

Sexo por várias horas

Possivelmente, as pessoas têm consciência de que, ao fazer amor de forma tântrica, a duração acaba se prolongando um pouco além do normal. Porém, essa noção do que é considerado “normal” varia, uma vez que para algumas pessoas o tempo corriqueiro já é bem extenso. Quando as pessoas fazem amor ao longo de três, quatro ou até oito horas (depende da vitalidade e energia de cada indivíduo), um fenômeno interessante pode ser observado. Além de orgasmos mais poderosos e intensos, é possível reparar como as coisas estão quantificadas no universo e que também existe um certo limite para o corpo físico.

Naturalidade da perda da ereção

Normalmente, o homem sentirá a necessidade de ter mais força, pois ele precisará manter a ereção. Nesse ponto, é muito importante que o homem consiga quebrar o tabu relacionado à queda da ereção peniana. Esse tema é tão delicado e drástico para o homem que afeta toda sua estrutura, ego e bem estar interior. É fundamental eliminar essa preocupação totalmente focada na ereção. O homem precisa notar que está fazendo amor ao longo de várias horas, explorando a sexualidade mutuamente com a parceira.

Não há problema algum se ele perder a ereção. Caso isso realmente aconteça, os parceiros podem fazer uma pausa e se distrair. Além disso, não costuma demorar muito para que o homem consiga recuperar a ereção novamente, desde que ele não esteja se sentindo pressionado mentalmente para atingir determinada performance. Se a ereção for encarada com toda a naturalidade inerente à situação, ela deverá retornar, caso contrário, muito dificilmente o homem conseguirá retomar a ereção dentro de um tempo aceitável. Afinal, o foco será transferido do órgão sexual para a mente. Quando a mente começa a trabalhar, o corpo não consegue reunir a energia necessária em outros aspectos.

Leia o seguinte artigo para saber mais sobre a impotência sexual masculina.

Alimentos afrodisíacos

Mesmo para quem não faz amor de forma tântrica, existem homens que podem sofrer de impotência sexual ou apresentarem ausência do estímulo que leva à ereção. O fato é que através da mudança de pequenos hábitos alimentares é possível aumentar sensivelmente a energia usada em todos os momentos cotidianos.

Existem alguns alimentos que, se as pessoas já não os têm em suas residências, elas podem adquirir facilmente em um supermercado. Consumidos regularmente, esses alimentos mudarão extraordinariamente a disponibilidade energética voltada à vida em si, seja ao reduzir as horas de sono, aumentar a capacidade de trabalhar e de se manter focado por muito mais tempo e, principalmente, elevar a resistência necessária para fazer amor durante um tempo bem mais prolongado. Além disso, é interessante manter esses alimentos altamente energéticos disponíveis para que, após uma pausa do ato sexual, seja possível retomá-lo na sequência.

Geralmente, os alimentos considerados afrodisíacos são aqueles que irão criar uma grande quantidade de energia no segundo chakra (responsável pela vitalidade e sexualidade). Uma vez que essa energia esteja disponível nesse chakra, por meio de algumas técnicas tântricas é possível usar e canalizar essa energia para qualquer outra área do ser de cada um. Por essas razões, os afrodisíacos são muito usados. Há muitas plantas em toda a tradição Hindu e da Ayurveda, que valorizam amplamente as qualidades que provém delas.

Assim, é recomendável experimentar o preparo de uma mistura um ou dois dias antes de fazer amor. Uma boa mistura pode conter banana, alfarroba, mel e canela. Essa mescla extremamente simples produz uma verdadeira “bomba” de energia que é canalizada no segundo chakra. De um modo geral, essa mistura resolve muitos problemas relacionados à disfunção erétil e falta de energia para o desempenho sexual.

Existem outros alimentos que podem ser acompanhamentos dos pratos, como o levedo de cerveja, sementes de sésamo, sementes de chia, pólen (extremamente yang, além de proporcionar imediatamente energia), mel, e frutas altamente energéticas, como a manga, por exemplo.

sementes-de-chia

A partir de uma alimentação diferenciada é possível perceber como toda a qualidade da vida também pode mudar.

Créditos: XtraSize